Em pré-lançamento, Expo Terneira 2020 apresenta novidades

Evento foi realizado no dia 27 de novembro, na sede do Rotary Club, no parque de exposições

Por Expo Terneira 2020 30/11/2019 - 11:13 hs
Foto: Clic Três de Maio

Na noite de 27 de novembro, a comissão organizadora da Expo Terneira 2020 realizou seu evento de pré-lançamento. Tendo como local a sede do Rotary Club, no Parque de Exposições Germano Dockhorn, reuniu autoridades e lideranças locais para iniciar os preparativos para o evento que ocorre de 10 a 14 de junho do próximo ano.

A mesa oficial do evento foi composta pelo presidente da Expo Terneira 2020, Cláudio Siqueira; prefeito de Três de Maio, Altair Francisco Copatti; vereadora Lúcia Marmitt, representante da Câmara de Vereadores; presidente da Funcap e diretor da Setrem, Sandro Ergang; presidente da Certhil, Kurt Grenzel; pelo representante da Sicredi Noroeste RS, Douglas Santos; diretor geral da Cotrimaio, Pedro Dahmer; e por Evandro Schütz, representante da Aci.

Também participaram da solenidade o vice-presidente da Expo Terneira 2020, Leonardo Rustick; a vice-presidente financeira do Sindilojas, Marlene Bandeira; o presidente da Expofeira 2021, José Henrique Weber; a presidente da Cooperdomhermeto, Tatiana Weber; vice-prefeita Eliane Fischer; ex-prefeito Pedro Paulo Fischer; tenente da Brigada Militar, Juliana Boz; sargento Cassiano Fin, do Corpo de Bombeiros; delegado de polícia João Vittório Barbato; patrão do CTG Tropeiros do Buricá, Gilmar Fischer; presidente da Unitec, Marcelino Colla; presidente do Grupo de Escoteiros Flor de Maio, Airton Wilhelm; gerente da Corsan, Miguel Lugoch; presidente do Rotary Club, Sandro Rambo; bem como secretários municipais e imprensa local.

Conselho gestor passa a ser o promotor das feiras 

O presidente da Funcap, Sandro Ergang, fez uma explanação sobre o conselho gestor do Parque de Exposições Germano Dockhorn. “Criamos o conselho e pensamos em sua funcionalidade para que possamos trabalhar nas nossas feiras; temos duas grandes feiras: a Expofeira, que até então era gestada pela Aci, e a Expo Terneira, gestada pela Funcap e organizada pelas cooperativas. Mas, se entendeu que a gestão do parque e das feiras necessitava de mais profissionalismo. Então, fomos buscar referências em feiras regionais e estaduais. Hoje, são detentoras do patrimônio do parque a prefeitura local, Aci e Funcap, e estas três entidades passam a ser as promotoras das feiras de Três de Maio”, explicou.

Ergang acrescentou que as entidades organizadoras das feiras continuam sendo as cooperativas locais (Sicredi, Cotrimaio e Certhil) e Sindicato dos Trabalhadores Rurais. São entidades parceiras Câmara de Vereadores, Setrem, Unitec, Sindilojas, Emater/RS-Ascar, Banco do Brasil, Sindicato Rural, Sebrae/Senar/Sescoop, Ministério do Desenvolvimento Social e Governo do RS.

“Contamos com o auxílio e união de todos para alcançar êxito em mais esta feira”

Foi realizado um resgate das edições anteriores da Expo Terneira e o presidente da edição 2020, Cláudio Siqueira, destacou que é uma satisfação estar à frente do evento e reunir o grupo para o evento que dá início aos trabalhos. “Estamos trabalhando desde a indicação do meu nome para que possamos formar as comissões e realizar uma das melhores edições da Expo Terneira, colocando Três de Maio na vitrine. Também estamos buscando patrocínios para viabilizar a feira e proporcionar ingresso gratuito ao parque, atraindo, assim, mais visitantes, a contento de todos, já que isso interfere diretamente na comercialização dos espaços.”

O presidente da feira revelou que o Pavilhão 2 passará a abrigar as agroindústrias, que até então estavam alocadas em frente ao Pavilhão do Gado Leiteiro. No novo espaço, a intenção é colocar um ambiente para refeições. “Ainda, pensamos em consolidar a Expodinâmica, criando um espaço fixo. Em relação aos shows, pretendemos trazer atrações locais e regionais, além de contar com o Festival da Canção Nativa Flor de Maio. A partir de agora os trabalhos se intensificam e contamos com o auxílio e união de todos para alcançar êxito em mais esta feira”, afirma Siqueira.

Lançado plano de comercialização de estandes

Gerson Auth, da Funcap, apresentou o plano de comercialização de estandes da feira. Segundo ele, tanto a comercialização como a área financeira da Expo Terneira estão a cargo da Funcap. Até o próximo dia 15 de dezembro, a prioridade para a compra de estandes é para empresas de Três de Maio associadas da Aci e que participam do promocional de fim de ano; de 16 a 31 de dezembro é o prazo para todas as empresas locais e a partir de 2 de janeiro a comercialização ocorre para empresas dos demais municípios. “Já temos bastante procura pelos espaços”, disse Auth.  Foram apresentados também os mapas do parque, com a localização dos estandes externos.

O Pavilhão 1 conta com estandes de 9 e 12 metros quadrados. O pavilhão 2, como já anunciado, será exclusivo para agroindústrias e ficará a cargo da organização e comercialização do Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Também há os espaços externos, que são 74.

Estandes para empresas associadas da Aci e que participam do promocional terão desconto de 20% + 5% à vista; associadas terão 15% desconto + 5% à vista, e empresas locais terão desconto de 10% + 5% à vista. Auth afirmou que empresas que adquirirem mais de um estande terão 5% de desconto extra, e há a opção de parcelamento do espaço, com pagamentos em janeiro, fevereiro, março e abril.

Para Copatti, feiras são vitrines das potencialidades

A vereadora Lucia falou da satisfação do Legislativo fazer parte das ações da feira. “Trabalhamos junto na Expofeira deste ano e foi muito gratificante. E, agora, na Expo Terneira, também estaremos participando. Parabenizo a cada um que está se empenhando.”

Para o prefeito Copatti, é importante que cada um, sendo três-maiense de nascimento ou de coração, que faça o melhor pelo município. “Temos três feiras importantes, a Expofeira e a Expo Terneira, e sem esquecer da Feirarte, realizada no início deste mês. Então, todo ano temos uma feira. Lembro-me que há algum tempo se discutia qual o futuro das feiras, e percebemos ao longo do tempo que elas são importantes, pois são vitrines das nossas potencialidades. É preciso ter noção do tamanho das nossas feiras, que modelos estamos propondo, reconhecer que temos um público limitado e a partir disso planejar um orçamento adequado e viável. As feiras fazem parte do município e a prefeitura representa todos nós, por isso de alguma forma estamos presente e temos que nos orgulhar disso. É um desafio grande e desejo êxito a todos nós!”, finalizou.

No final da solenidade foi cantado parabéns pela passagem dos 40 anos de atividades da Aci, comemorados naquele dia, seguido de um coquetel.